Consultório Clínica Luminare Campinas

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Por que optar por um tratamento com florais?

Resultado de imagem para nossa essência

São muitas as vantagens em se tratar com a terapia floral problemas emocionais leves e moderados. (Não indico esse tipo de tratamento sozinho quando há uma doença mental instalada ou uma doença grave, pois esse paciente já passou da fase onde as essências o levariam a uma cura. Pode-se dar as essências juntamente com outros tratamentos farmacológicos para ajudar. Mas sempre sob supervisão médica e de um terapeuta floral).

Vantagens:
- Não tem efeito farmacológico, pois não tem princípio ativo
- Não existem efeitos colaterais
- São sutis e trabalham de maneira gentil
- Elas ajudam o sistema todo a voltar ao equilíbrio, ao nosso EU
- As pessoas que já tomam florais, quando passam por situações negativas, tem reações menos dramáticas
- Quanto mais agudo o problema, mais rápido é o efeito
- Quando cada dificuldade emocional é resolvida, enxergamos com mais consciência e podemos chegar ao núcleo do problema
- Não trata somente os sintomas mas vai fundo na origem do problema
- Excelente para quem faz psicoterapia pois acelera o processo
- O caminho da recuperação é feito passo a passo. 
- Nos ajuda a sermos nós mesmos
- O paciente passa a resolver seus problemas de maneira mais simples
- A aparência muda, a linguagem muda, a consciência muda
- Facilita a ação de outros tratamentos pois o paciente se abre a eles

Sobre efeitos colaterais:
 Não ocorrem efeitos colaterais e sim, algumas vezes, uma limpeza, uma liberação em determinados casos e pessoas. Não é como a Homeopatia que muitas vezes causa reações mais fortes.
Algumas pessoas relatam que "pioraram". Na verdade, sua consciência aumentou e está enxergando seus problemas. Por isso há a necessidade de paciência e persistência como em tudo na vida.
Não basta tomar um vidrinho e achar que está bom. Tem que continuar com o tratamento, acreditar no terapeuta, dar-se essa chance.

É difícil para nós terapeutas quando um paciente não volta. 
Em geral as pessoas preferem um tratamento com remédios de farmácia, caros, que precisarão tomar por muito tempo, e que geralmente só tratam os sintomas. As pessoas são complicadas e muitas vezes vem em busca de um tratamento "alternativo" ou complementar porque alguém o levou ou obrigou a ir.  Muitas pessoas NÃO querem se curar, ou melhorar. Precisam daquela doença ou situação para chamar a atenção. Isso é muito mais comum do que imaginamos. Nós mesmos fazemos isso vez ou outra...

Depois que comecei a estudar e trabalhar com os florais, tomando os meus inclusive, comecei a prestar muita atenção nos comportamentos das pessoas e fico muito triste em dizer que, em geral, nós deixamos de ser quem realmente deveríamos ser.

Segundo dr. Edward Bach e tantos outros filósofos e religiosos, TODOS nós nascemos com um propósito de vida. Infelizmente, pela criação ou pela situação de vida, saímos de nosso propósito para sermos outras pessoas e nos tornamos pessoas profundamente frustradas sem nos darmos conta do porquê!

Se você tem crianças pequenas, observe-as, não as pode, educar não é podar.
Deixe-as ser quem são e o mundo será um lugar muito mais feliz de se viver...



domingo, 22 de janeiro de 2017

Cerato, o floral para quem sente insegurança


As pessoas que necessitam de Cerato geralmente são inseguras, que intuem sobre suas decisões, e no fundo, acabam sendo influenciados por outras pessoas. Cerato é um bom floral para fortalecer a nossa capacidade de decisão, como comentou Bach: “As pessoas que precisam de Cerato devem ser sábios professores e instrutores, mas parecem dar muita atenção para outras opiniões e serem muito facilmente influenciadas por circunstâncias alheias.”

“Para os que não tem confiança suficiente em si próprios, impedindo-os de tomarem as próprias decisões. Pedem constantemente conselhos aos outros, sendo com frequência mal orientados.”

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

O que são os Florais? Como funcionam?



Florais são essências de flores que contém vida, para tocar a nossa Essência. Elas não são fitoterapia, nem remédios homeopáticos, nem aromaterapia. Com os florais acredita-se que se pode tratar de estresse, depressão, pânico, desespero, sentimentos de culpa, cansaço físico ou mental, solidão, tristeza, indecisão, sensibilidade excessiva, ciúmes, ódio, mágoas, todos os tipos de medos, ansiedades e preocupações.


As essências florais são extratos líquidos sutis, geralmente ingeridos por via oral, usados para tratar profundas questões do bem-estar emocional, do desenvolvimento da alma e da saúde do corpo-mente. Problemas de saúde frequentemente têm suas origens nas emoções; sentimentos que foram persistentemente reprimidos irão emergir primeiro, como conflitos mentais e, depois, como doença física.


Também podemos administrar os florais para animais e plantas, com resultados animadores e, muitas vezes, surpreendentes. Embora as essências florais se assemelhem á outros medicamentos apresentados em frascos com conta-gotas, elas não agem devido à composição química do líquido e sim por causa das energias vitais provenientes da planta e contidas na matriz à base de água. Nenhum floral pode causar danos nem criar dependência. À medida que nos equilibramos internamente, podem ocorrer, conseqüentemente, curas físicas.



Edward Bach foi o primeiro na compreensão do relacionamento das emoções com a saúde do corpo com a mente. Ele percebeu que para a saúde ser gerada era necessário estarmos bem emocionalmente. Segundo Bach a doença ocorre quando deixamos de perceber o que realmente queremos; que a doença é uma mensagem para mudarmos, tomarmos consciência de nossas emoções negativas e assim equilibrá-las. Isso conseguiria através da terapia floral indo de encontro a nós mesmo.



Existem contra-indicações para a terapia floral?Não possui contra-indicação. Desde recém nascidos a idosos podem fazer uso, inclusive portadores de qualquer doença ou vício.



Marque sua consulta e venha se beneficiar!

Ana Cristina Bachiega - Campinas, SP
F: (19) 997042209 (whatsapp)
anacbachiega@gmail.com


Fonte:

https://www.hagah.com.br/roteiros/florais-de-bach-ou-terapia-floral-uma-maneira-natural-de-encontrar-e-manter-o-equilibrio-3042141

terça-feira, 14 de junho de 2016

O belo, o limpo e o amor

O VESTIDO AZUL

“Num bairro pobre de uma cidade distante, morava uma garotinha muito bonita. Ela frequentava a escola local. Sua mãe não tinha muito cuidado e a criança quase sempre se apresentava suja. Suas roupas eram muito velhas e maltratadas. A professora ficou penalizada com a situação da menina e comentou: ‘como é que uma menina tão bonita pode vir para a escola assim tão mal arrumada?’. Preocupada com isto, ela separou algum dinheiro do seu salário e, embora com dificuldade, resolveu comprar um vestido novo, azul, para a menina. A menina ficou linda naquele vestido azul!

Porém, quando a mãe viu a filha naquele lindo vestido, sentiu que era lamentável que sua filha, vestindo aquele traje novo, fosse tão suja para a escola. Por isso, passou a lhe dar banho todos os dias, pentear seus cabelos, cortar suas unhas e a cuidar melhor dela. Quando acabou a semana, o pai falou: ‘mulher, você não acha uma vergonha que nossa filha, sendo tão bonita e bem arrumada, more em um lugar como este, caindo aos pedaços? Que tal você ajeitar as coisas da casa e eu, nas horas vagas, dar uma pintura nas paredes, consertar a cerca e plantar um jardim’. E assim fizeram...

Logo mais, a casa se destacava na pequena vila, pela beleza das flores que enchiam o jardim e pelos cuidados em todos os detalhes. Tudo ficou tão arrumado naquela casinha, que os vizinhos ficaram envergonhados por morarem em barracos feios e resolveram também arrumar as suas casas, plantar flores e usar pintura e criatividade. Em pouco tempo, o bairro todo estava transformado!

O trabalho daquela comunidade ficou tão bom que, dias mais tarde, uma pessoa influente na cidade e que acompanhara os esforços e as lutas daquela gente, pensou que eles bem mereciam um auxílio das autoridades. Pensando assim, ela foi ao prefeito expor suas ideias e saiu da Prefeitura com autorização para formar uma comissão para estudar e propor os melhoramentos que seriam necessários naquele bairro.

Ao final do processo, com a integração do poder público e a comunidade, a rua de pó e lama foi coberta por asfalto e recebeu calçadas de pedra, os esgotos a céu aberto foram canalizados e o bairro ganhou ares de cidadania e passou a proporcionar mais conforto e segurança para os seus habitantes.”

Tudo começara com um simples VESTIDO AZUL doado por uma professora sensibilizada com aquela sua aluna! Não era intenção da professora consertar toda a rua, nem criar um organismo que socorresse o bairro. Ele apenas fez o que podia; deu a sua contribuição e fez o primeiro movimento, que acabou levando as outras pessoas a se motivarem e a lutarem por mais melhorias.
Então, cabe
 uma pergunta simples, mas profunda e que deve ser respondida com muita sinceridade por todos nós: “será que cada um de nós está fazendo a sua parte no lugar em que vive?” Por acaso somos daqueles que somente apontamos os buracos da rua, as crianças maltrapilhas e sem escola e a violência que só faz aumentar?

LEMBRE-SE: É DIFÍCIL MUDAR TODAS AS COISAS E LIMPAR TODA A RUA;

MAS É FÁCIL CUIDAR DA NOSSA PRÓPRIA CALÇADA.